Astronautas da NASA discutem o retorno à Terra na Crew Dragon da SpaceX

Os astronautas da NASA Robert Behnken e Douglas Hurley discutiram sobre sua missão de voo de teste da SpaceX com a Crew Dragon Demo-2, concluída na ISS no dia 2 de agosto. A entrevista coletiva teve incio às 17h30 desta terça-feira (4), com transmissão ao vivo pela NASA Television.

O evento virtual aconteceu sem a presença da mídia, devido às restrições de segurança relacionadas à pandemia da COVID-19. Portanto, a participação dos repórteres aconteceu via telefone. Os participantes do briefing nas mídias sociais puderam fazer perguntas usando a hashtag #AskNASA.

A Crew Dragon da SpaceX, carregando Behnken e Hurley, amerissou às 15h48, dois meses após seu lançamento. Depois de voltar para a costa em Pensacola, os astronautas voaram imediatamente de volta para Houston, onde foram recebidos por suas famílias e convidados.

Robert Behnken e Douglas Hurley
Crédito: SpaceX

A experiência dos astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley

Ambos descreveram a satisfação do sucesso pela conclusão da missão realizada pela SpaceX após o longo período de preparação. Os astronautas contam ainda, que o pouso superou suas expectativas e a sensação de retornar após a experiência é descrita como surreal.

Behnken e Hurley detalharam também suas experiências sensoriais durante o processo de reentrada na atmosfera, respondendo perguntas dos repórteres, além de gravarem sons no interior da nave e descreverem as sensações de impacto sobre o corpo ao voltar para a atmosfera. Argumentaram também, sobre alguns aspectos que compartilhrão com os astronautas que voarão na Missão com a Crew-1, em stembro deste ano. Os astronautas elogiaram o trabalho da SpaceX, dizendo que o voo ocorreu exatamente como na simulção, surpreendendo-os.

Behnken e Hurley já contribuíram mais de 100 horas para experimentos científicos e participaram de vários eventos de engajamento público durante seus 62 dias a bordo da estação. A dupla passou 64 dias em órbita, completou 1.024 órbitas ao redor da Terra e viajou 43 milhões e 673 mil e 600 quilômetros.

Após o voo da Crew Dragon

Este foi o voo de teste final da SpaceX. O voo fornecerá dados sobre o desempenho do foguete Falcon 9 e dos sistemas terrestres, bem como das operações em órbita, ancoragem, amerissagem e recuperação. Os dados irão servir para a certificação da NASA sobre o sistema de transporte da tripulação SpaceX para voos regulares dos astronautas de e para a estação espacial.

O Programa de Tripulação Comercial da NASA trabalha com a indústria aeroespacial dos EUA para desenvolver sistemas de transporte de tripulação seguros, confiáveis e econômicos que transportarão astronautas em foguetes e naves espaciais americanas, do solo americano à Estação Espacial Internacional e vice-versa.

Sendo assim, um Programa de Tripulação Comercial bem-sucedido poderia permitir tempo adicional de pesquisa e aumentar a oportunidade de descoberta e pesquisa científica da humanidade para exploração espacial, inclusive nos ajudando a nos preparar para a exploração humana da Lua e Marte.

  • Post last modified:04/08/2020
  • Reading time:3 min(s) read