Kepler lança seus primeiros satélites produzidos internamente

A startup canadense Kepler Communications realizou no dia 28 de setembro o lançamento dos 2 primeiros satélites construídos em suas próprias instalações. A empresa do ramo de telecomunicações segue intensificando seus planos de implantar uma constelação para serviços de dados.

Os cubos XL de 6 unidades, conhecidos como Kepler-4 e Kepler-5, faziam parte das 15 cargas úteis secundárias smallsat intermediadas pela Exolaunch. Estas foram lançadas em um Soyuz-2.1b do cosmódromo de Plesetsk no norte da Rússia. A carga útil principal para o lançamento foi um trio de satélites Gonets para o governo russo.

Os dois satélites Kepler são os primeiros satélites “GEN1” para a empresa após o lançamento de 3 protótipos, sendo 2 em 2018 e o 3º em 2 de setembro em uma missão Rideshare dedicada à Vega. Todos os protótipos foram construídos em cooperação com AAC Clyde Space.

Os primeiros satélites GEN1, construídos pela Kepler Communications em sua fábrica em Toronto, estavam entre as cargas úteis compartilhadas no lançamento da Soyuz em 28 de setembro.
Crédito: Kepler Communications

Aprimoramento da produtividade dos Satélites

Os novos satélites GEN1, no entanto, foram construídos pela fábrica de satélites que estabeleceu em sua sede em Toronto em 2019.

A Kepler afirma que os desafios em amadurecer a cadeia de suprimentos na indústria de fabricação de satélites a levaram a estabelecer uma capacidade de produção interna em vez de trabalhar com um fabricante existente.

Essa capacidade de produção interna poderá possibilitar à empresa maior agilidade na produção de seus satélites. Além disso, a Kepler acredita que isso também permitirá uma melhor relação custo-benefício associada à inovação.

Preparativos para novo lançamento dos Satélites Kepler

Os satélites incorporam melhorias em potência e controle térmico aprimorado, bem como atualizações para a carga útil de comunicações.

Além disso, os satélites fornecerão comunicações para grandes arquivos de dados e serviços de internet para rastreamento e monitoramento de ativos.

Os próximos satélites da Kepler serão lançados em dezembro de 2020. A empresa entretanto, ainda não revelou detalhes sobre o lançamento.

  • Post last modified:29/09/2020
  • Reading time:2 min(s) read