Terraplanistas se perdem ao navegar em busca da “borda da Terra”

Um casal italiano se perdeu ao tentar chegar onde acreditavam ser “o fim do mundo”, partindo de teorias terraplanistas. O local em questão, se trata da ilha italiana de Lampedusa.

Após a pandemia do novo Coronavírus colocar fim aos planos de um cruzeiro terraplanista com destino à Antártica, um casal decidiu realizar à dois, uma viagem em busca de provas para a teoria de que a Terra é plana. O objetivo do cruzeiro também era encontrar a prova, que seria a existência uma grande parede de gelo.

O homem e a mulher, ambos de Veneza, estavam convictos que encontrariam o as respostas na ilha situada entre a Sicilia e Africa do Norte. Portanto, o casal vendeu seu carro e comprou um barco em Termini Imerese, uma cidade situada ao norte da Sicilia. O caminho era de transito comum para imigrantes e refugiados da Africa para a Europa pelo Mar Mediterraneo.

Entretanto, infelizmente para a dupla, o destino pretendido não foi alcançado. Porém, os navegantes chegaram em Ustica, uma ilha situada a noroeste de onde eles partiram, consideravelmente distante de Lampedusa.

Salvatore Zichichi, médico do posto de saúde marítima do Ministério da Saúde, ajudou o casal após se perderem. Zichichi ressaltou ainda o fato curioso de que eles se orientavam por uma bússola, sendo este um instrumento que funciona com base justamente no magnetismo terrestre.

Após serem colocados em quarentena em Ustica, o casal tentou duas fugas, mas, estas também sem sucesso. Sendo assim, foram novamente levados para quarentena e decidiram cumprir o tempo exigido, abandonando seu barco e pegando uma balsa de volta para terra firme.

  • Post last modified:10/09/2020
  • Reading time:2 min(s) read